Mário Quintana: poesia, modernidade e resistência em S.O.S. em Babilônia

Sonia Regina Martins Gonçalves

Resumo


A poesia é uma atividade especial da linguagem que visa ir além de seu uso automatizado. Ao deslocar e reorganizar as estruturas verbais, cria novos e inusitados sentidos, que possibilitam ao leitor re-conhecer o mundo. Mas considerando a urgência e velocidade de nossa realidade prática, qual é o lugar da palavra poética no mundo de hoje? Este texto busca, a partir de um poema de Mário Quintana, promover algumas reflexões sobre essa questão. 


Palavras-chave


Mário Quintana; Literatura Brasileira; Poesia

Texto completo:

PDF (Português (Portugal))

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



E-ISSN: 2359-1145

Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza | Faculdade de Tecnologia de Itaquaquecetuba

Licença Creative Commons 2014-2021 | REGIT: Revista de Estudos de Gestão, Informação e Tecnologia
Av. Itaquaquecetuba, 711 (visualizar mapa)
Vila Monte Belo - Itaquaquecetuba - SP | CEP 08577-010